Este é o site oficial do piloto de Dragster MAURÍCIO DEBARBA.
Última atualização em 21/10/2013.

 
Sobre Maurício Debarba por Iverson JN.
Quer saber das novidades? Então use a barra de rolagem e vá descendo...
OS MELHORES VÍDEOS VOCÊ VÊ AQUI...

Marvavilhas Modernas - DRAGSTERS, BMW V-8 por Drag Strip etc...em breve tem mais.

OBS: PARA ASSISTIR AOS VÍDEOS CLIQUE SOBRE A FOTO.

E QUE VENHA O FESTIVAL BRASILEIRO 2.013...
.................................................
....
Aqui começou tudo nesta prova. A visita do Padre Aleixo, Pároco da Catedral de São José dos Pinhais, na sede da POWERTECH no bairro da Bareirinha foi muito especial. Lá ele conheceu o Top que Debarba pilota e deu uma BENÇÃO ESPECIAL ao piloto e ao carro.
No detalhe o Fábio está calibrando os pequenos pneus. Isto em um Dragster é um dado muito interessante, pois se estiverem cheios demais podem fazer o carro destracionar e se estiverem muito bazios podem fazer perder a estabilidade em altas velocidades. Usa-se algo entre 4 e 7 libras nos pneus traseiros e por volta de 30 nos dianteiros.
 
 
Preparação para largadas da Drag Top é sempre assim, muita gente por ali, pessoal das equipes, o pessoal da organização e mais uma quantidade de pessoas de outras equipes se aglomeram no início do concreto, antes do bournout.
Sábado pela manhã, curtindo o frio de Curitiba, digo Pinhais, Fábio coloca um pouco de gasolina na entrada do blower, é o que faz o motor pegar, isto é igualzinho à partida a frio do seu carro flex, se deixar somente com o metanol não pega. Enquanto Recka observa o painel de instrumentos do piloto, tudo isto feito sob o olhar atento de Alexandre (nosso chefe de equipe) ao fundo.
 
 
Nesta etapa pudemos presenciar algo que não vem acontecendo com frequência nas provas de arrancada, dois Dragsters fazendo bournout e largando "SIDE BY SIDE" como realmente devem ser.
Os dois pilotos souberam proporcianar cenas incríveis com muita fumaça fazendo os bournouts juntos, um esperando o outro para que tudo saísse praticamente PERFEITO.
 
 
O pessoal das revistas e websites puderam clicar os carros de vários ângulos diferentes e ter muitas fotos ótimas como esta que é digna de um quadro.

Na saída dos boxes o Top aguarda tranquilo para entrar na pista. Olhando a foto nem dá pra acreditar que isto seja um brinquedo tão mostruoso, capaz de mostrar números que assutam até os mais entendidos em automobilismo.

ISTO É QUE FASCINA EM UM DRAGSTER - FORÇA, BRUTALIDADE, VELOCIDADES CADA VEZ MAIS ALTAS, TEMPOS CADA VEZ MENORES, CONSUMO DE COMBUSTÍVEL E PEÇAS ABSURDOS...

I'd rather be Drag Race.

 
 
Aqui a saída para a primeira largada oficial no sábado a tarde, se observarem estou no canto esquerdo da foto prendendo as travas dos páraquedas, não por nada, mas se estão ali comigo é porque foram retiradas, para tranquilidade do piloto sempre que ohar em minha direção verá elas ali, é sinal que tudo está pronto para ele sair com segurança.
O Top sai para fazer o bournout e pasmem, este fotógrafos são mesmo malucos, ali é um lugar muito perigoso de se ficar. O barulho é simplesmente ensurdecedor neste momento e o risco de uma quebra de motor é muito grande. CUIDADO.
 
 
O Top larga violentamente, como se nada pudesse detê-lo, os pneus traseiros sofrem com tanta força a ponto de se deformarem, a baixa calibragem usada para evitar que patinem na hora da largada dá certo.
Mas não dá muito. Neste caso aconteceu o que menos provável que aconteça, o carro destracionou, patinando muito na largada e perdendo muito tempo e ao mesmo tempo empinou a frente como dá pra ver na foto ao lado o que é muito difícil de acontecer, empinar e patinar ao mesmo tempo.
 
 
Mesmo assim o tempo não foi ruim, o carro andou na casa dos 6,500 segundos, o que já mostrava que estávamos na caminho certo. Daí páraquedas abertos e pronto.
Aqui já no box toda a equipe já em clima de reunião de família e por fora nosso amigo e (espião...rs..da equipe paulista) Flávinho Ancona batendo um papo com Fábio nosso mecânico.
 
 

Esta foto é uma parte interessante de uma prova de arrancada, quando um dos Tops é ligado no Box dezenas de pessoas aglomeram-se na frente do mesmo pra dar uma olhada e curtir o barulho do V-Oitão de perto. Detalhe, somente em provas de arrancada você consegue adquirir uma CREDÊNCIAL que te deixa ficar ali do ladinho de qualquer carro. Só não te dá acesso à pista. E o que é melhor ainda, você paga UMA ÚNICA VEZ e tem direito a entrar nos boxes por dois, três ou quatro dias, isto de acordo com a quantidade de dias da prova.

Aqui uma seção, eles trabalham e a gente faz pose...rs...enquanto Fábio, Recka e Chiquinho dão duro os dois batem papo e veêm a prova de longe.
 
    
Detalhe, acho que não fomo somente nós, olha a folga desses dois aí e o contraste, na esquerda Cabelo e na direita Victor Debarba, o pequeno da equipe.
O "GEMIDO FINAL" dos motores. É exatamente neste ponto onde houve a quebra do nosso motor e do motor da equipe paulista onde os motores estão em sua potência plena e a um "FIO DE CABELO" de EXPLODIR mesmo. Neste momento é o tudo ou nada para o motor faltam menos de 100 metros para acabar é muita força próximo do giro limite do motor, por isso nessa prova criamos o termo "GEMIDO FINAL" para ilustrar o TOP DA ACELERAÇÃO...e não é que GEMEU MESMO...kkk
 
   

Depois de uma quebra de motor e um princípio de incêndio a equipe resgata o Top e o piloto e tudo vira festa com a vitória. Notem que aí faltam algumas pessoas. Eu, por exemplo, nunca vou com a pick-up para o final da reta, afinal é só mais um pra tumultuar, mas na foto aí falta o João Alexandre...

ele saiu dos boxes a pé e deu pelo menos meia volta no circuirto até achar a equipe com o Top "QUASE INTEIRO". O pessoal que veio do final da reta falou pra ele que o carro havia pego fogo e ele não pensou duas vezes foi de encontro até encontrar o pessoal voltando e ficar aliviado...UFA...que sufoco.
 
 
Ao lado circulado em verde está a área que foi atingida pelo fogo. Bem ao lado da estrutura do blower pode-se perceber um BURACO que é uma tampa de segurança que estoura neste caso do chamado BACKFIRE, por ali deve ter cuspido combustível o que gerou o fogo.
 

Daí em diante apresentamos os PISTÕES POWERTECH que equipam o atual motor do TOP ALCOHOL DRAGSTER da nossa equipe. Nós já haviamos usado eles no Festival Brasileiro, mas foi um teste inicial e agora foi a PROVA REAL. Eles são excelentes e extremamente confiáveis e já NASCERAM CAMPEÕES.

 
 
Pose pra foto, dos PISTÕES...OLHEM OS PISTÕES POWERTECH POR FAVOR...isso que está nas mãos da Juliana é um PISTÃO...POR FAVOR...EU FALEI PRA OLHA PRO PISTÃO...É ELE A ESTRELA...kkk
Nova foto, dos PISTÕES e da EMBALAGEM...caramba...como é difícil, tá certo que está um pouco longe, mas o que estamos mostrando são os PISTÕES POWERTECH, a Juliana e a Débora só estão aí para ILUSTRAR...eu já disse os PISTÕES POWERTECH e TOP ALCOHOL DRAGSTER são as ESTRELAS desta prova...kkk.
 
 
Já que ninguém presta atenção vamos mudar de assunto...Debarba e João Alexandre se encaminham para o pódio bem descontraídos depois de avaliarem os estragos no Top...tudo superficial, estará pronto para o 18 º Festival Brasileiro em dezembro.
Bom, não fomos nós que escrevemos isto...está aí na foto, ganhamos uma prova do PRINCIPAL CAMPEONATO DE ARRANCADA DO BRASIL. Curitiba é e sempre será referência em provas de Arrancada no país, tudo que aconteceu por aqui ficará marcado na história do automobilismo nacional em todos os tempos vindouros, a história nunca será esquecida. Já são mais de 20 anos de provas e podemos sim dizer temos ainda as melhores provas do Brasil. PARABÉNS A TODOS QUE FIZERAM PARTE DESTA FESTA.
 
 
A organização juntamente com o patrocinador oficial do evento, a MILITEC-1, foram felizes na escolha do troféu, muito bonito, parabéns.
É hora de comemorar, tirar fotos e aproveitar. Aí quase todos os envolvidos nesta prova. De fora desta foto ficaram, o Bob, que está atrás da câmera, Eu e o Victor que tivemos uma saída rápida e perdemos as fotos...o Victor me deve esta...kkk
 
 
Debarba mostra o troféu para o pessoal dos sites e revistas que ali estavam.
Atrasadinho, mas cheguei...rsrs...não dava pra perder o melhor da festa. Debarba segura o PISTÃO POWERTECH...aham...agora vocês viram o PISTÃO ENTÃO...e comigo o troféu desta etapa.
 
   
Aqui temos uma homenagem especial para estes dois SUPER FÃS, já não é de agora que Samuel Cubas e seu irmão prestigiam nossa equipe com a sua torcida e tem em especial um carinho muito grande por Maurício Debarba. Os dois Sãojoseenses passaram o final de semana todo conosco, torcendo e sofrendo a cada minuto da prova, era como se estivessem juntos no carro na hora da largada, então não podiamos deixar de dar a eles PARABÉNS pela atitude e pelo carinho dispesado a todos...VALEU.

Agora algumas curiosidades e alguns detalhes da prova e também algumas fotos dos outros carros que participaram desta etapa.

Nesta foto o Bob foi traído pela velocidade. Ele errou feio nessa...kkk...e pensou que eu não ía colocar a foto...kkk

Bob eu acho que o carro já passou...kkk...só dá pra ver a asa ali no canto direito...kkk

 
 
Aqui temos o famoso NENO da Força Livre passando informações dos competidores para o público das arquibancadas. Este tem muito tempo de pista e muita experiência.
Essa bonita saveiro que corre na FORÇA LIVRE DIANTEIRA é do amigo Osnildo Antunes da Binos Car em São José dos Pinhais. Nildo como é conhecido ficou com o quarto lugar na sua categoria que só tem fera, andou na casa dos 9,6 porém os concorrentes ficaram na casa dos 8,8 segundos.
 
   
Como acabei de dizer aí só tem fera mesmo, na FORÇA LIVRE DIANTEIRA o 1º lugar é disputado do tipo da Drag Top, num verdadeiro "DUELO DE TITÃS", ninguém menos que João "Tiozinho" Tasso da Sapinho Câmbios contra Cacá Daud com seu Vectra da ATS/Goodyear, carros rasgando os 402 metros a quase 290 km/h e na casa dos 8,8 segundos. Melhor para Cacá que fez um tempo mais alto, mas teve uma reação melhor.
Pelo bournout dá pra se ter uma idéia da potência desses carros tração dianteira. Hoje a categoria é um SHOW a parte.
 
 
Aqui uma parada para mostrar o lado FEMININO da prova, duas mulheres entre mais algumas que hoje fazem parte das provas de arrancada no Brasil. Aqui temos Taty Xavier que a bordo de seu Uno da categoria Desafio 15 ficou com quinto lugar. Aqui o que vale mesmo é o empenho, ela já vem disputando há algum tempo num esporte que só tem marmanjo. A categoria desafio pede mais técnica do que força no motor. Ela está no caminho certo. Taty hoje é considerada uma das MUSAS DA ARRANCADA NACIONAL. PARABÉNS.
Outra fera do time FEMININO é a paulista RENATA SANTOS que mudou de equipe e parece que deu certo, Renata "Cat Plus" como é conhecida no meio disputa a categoria TURBO C e ficou em 7º lugar, mas isto numa categoria com 19 competidores, e ficou a menos de 0,500 de 1º colocado da categoria que foi Ivan Costa Silva, piloto que bateu o record da categoria nesta prova. PARABÉNS também a piloto que faz parte do time MUSAS DA ARRANCADA BRASILEIRA.
 
 
Neste caso aqui temos um PARABÉNS para um desclassificado na sua categoria. Fábio Cunha com este belíssimo Maverick de rua aparentemente optou por trazer seu carro para as pistas e participar das provas oficiais de arrancada. É um EXEMPLO a ser seguido por muitos. As autoridades deveriam dar uma abertura maior para as provas de arrancada que tiram RACHADORES da ruas e transformam em pilotos conscientes. Ele acabou desclassificado por andar muito abaixo do tempo mínimo da categoria.
OPA...Este é especial FILIPE BONTORIN STURION, responsável pelo site DragsterBrasil e que por muitos anos cuidou deste site da nossa equipe faturou a categoria Desafio 14. Filipe estabeleceu a melhor marca da categoria desde a sua criação em 2.008. Esse é bom, esse é dos NOSSOS. PARABÉNS AMIGO.
 
 
Por falar em DragsterBrasil, nem é feio eu ter ROUBADO essa foto deles...estão aí os créditos pela mesma e não poderia deixar de mostrar a vocês que em prova de arrancada temos imagens incríveis. Christiano Pinheiro, da equipe Pro Muller levou o público ao delírio nesta largada.
Aqui o HOMEM SHOW do evento. Andrey Jasper era esperado a cada nova largada com ansiedade, pois além de levantar o público com belíssimos bournouts...
 
 
o que na categoria Traseira Super é sempre um SHOW a parte...
ele ainda levantava a frente do seu Maverick do chão, isto em praticamente todas as largadas, e de quebra ainda levou o troféu de 1º colocado para casa.
 
 
Sérgio Sleughts andou ali para tirar o primeiro lugar de Andrey, mas não foi desta vez. O que vale mesmo é o bonito carro. Categoria disputada onde o 1º e o 2º colocados ficaram com tempos totais na casa de 10,500 segundos já somada a reação.
Valtinho Costa acelerou sozinho na Drag Light, mas nem por isso aliviou o pé, fez 7,285 segundos andando a 310 km/h e com seu motor 6 cilindros fez bournouts imensos.
 
 
O que não deu foi pra ver o lindo Camaro de Roderjan Busato acelerar pra valer.

Ele teve problemas mecânicos já nos treinos e acabou por acelerar o carro do companheiro de equipe nas largadas oficiais, mas logo está de volta com este belíssimo exemplar.

 
 
Com o carro ao lado e mais os carros acima meus amigos dá pra se ter uma idéia do nível que estão as provas de arrancada não somente em Curitiba, mas em todo o Brasil. Este Civic é prova disto correndo na Dianteira Original.
   
   

Drag Racing is not just a sport...Drag Racing is a way of life!!!

 

:: Maurício Debarba arranca mais uma vitória histórica.

O piloto MAURÍCIO DEBARBA da Equipe POWERTECH/DEBARBA Drag Racing Team venceu a 3ª Etapa do Campeonato Paranaense de Arrancada.

E para isso contou com uma ajuda muito ESPECIAL. A POWERTECH lançou oficialmente os PISTÕES POWERTECH para DRAGSTER. Os únicos fabricados fora dos EUA, isto sim é que é coragem.

O Dragster pilotado por MAURÍCIO DEBARBA levava no seu MOTOR o PRIMEIRO JOGO DE PISTÕES POWERTECH e eles se mostraram extremamente confianveis suportando todas as 5 largadas da prova e mais as largadas do 17º Festival Brasileiro, em dezembro passado, onde já estavam montados no mesmo motor.

Os pistões são forjados e fabricados para motores de Dragster com mais de 3.000 Hps. Cada pistão suporta sozinho em torno de 400 Hps.

POWERTECH/DEBARBA Drag Racing Team - um time de verdadeiros CAMPEÕES.
 
 

Começamos o primeiro dia de provas da 3ª Etapa do Paranaense com a visita do ilustre amigo Pépe, o Locutor oficial do evento. Figura esse daí hein...rs.

O cara passou o final de semana só gritando...NOOOOVVVOOOOOO RECORDEEEEEE....pena que não chegou a nossa vez.

Para começar bem o final de semana, lá vamos nós para a primeira dobra de páraquedas do dia. Neste final de semana acho que foi batido o record de vezes que isto foi feito...rs...mas valeu a pena. Fiz isto por 12 vezes ao todo.
 
 
O Chiquinho e o Fábio dando aqui um talento na primeira funcionada do final de semana. O motor aí está em pleno funcionamento e sendo verificado ponto, possíveis vazamentos e ajustando tudo pra ir para um treino leve de no máximo meia pista. Isto é necessário para ver se tudo está em ordem. Um ÚNICO GRAU DE PONTO num Dragster pode gerar dezenas de HPs (cavalos) a mais no motor.
Depois de desligado o blower mostra do que é capaz. Em poucos instantes ele congela totalmente.
 
 
E é por isso que é necessário usar o anti-congelante, que é aquele spray que os mecânicos passam na entrada do blower normalmente após o bournout. Daí ele imediatamente descongela como na foto ao lado. Isto impede que congele com o motor acelerado e o piloto não consiga parar o carro.
Depois de carro ajustado, vamos pra pista. Aí o Top já está aguardando a liberação para entrar na área de alinhamento. Isto é a saída dos boxes. Já estamos na primeira largada oficial.
 
 
Enquanto aguardávamos nossa vez, pai e filho, Maurício e Victor, curtiam uma sombra improvisada na barraca da vistoria.

Depois, eu e o Debarba fomos dar uma olhada no tamanho da fila para largar antes da nossa categoria.

Bom, aí é pura sacanagem minha...era pra sair na foto mesmo...kkk...tirei a atenção de Debarba e deu nisso...kkk

 
 
Tudo em ordem, pista liberada, e vamos nós...os mecânicos, Fábio, Chiquinho (a nova arma da equipe) e Recka dão conta do funcionamento do Dragster.
Um bounout na versão econômica, afinal este motor terá muito trabalho pela frente e leva OCULTO o que deve ser a surpresa do final de semana. O primeiro jogo de PISTÕES POWERTECH para Dragster fabricado fora dos EUA.
 
 
Foto daqui, foto de lá...o Bob Generiq, nosso fotógrafo oficial está no alto da torre de cronometragem do circuito do AIC. Uma pena que a largada foi na pista que dava menos visibilidade pra ele.
Debarba larga bem, porém o carro faz o que é mais incomum para um Dragster. Empina e patina ao mesmo tempo.
 
 
Nesta foto dá pra ver o carro torcer a frente para o lado direito, no sentido que o motor gira e muito, mas muito levemente dá pra notar uma pequena névoa no pneu traseiro.
E aí meus amigos, começou não pára mais. O Top saí violentamente, mas não dá pra aproveitar nada. Destraciona mesmo, volta para o chão todo torto e é só perda de tempo. Ainda assim fez 6,544 segundos.
 
 
O Bob aproveitou e fez está bonita foto lá de cima da torre do autódromo com os páraquedas abertos já no final da reta.
Nos boxes descontração total num papo animado entre Debarba, JAA (o chefe) , Eu e Victor (filho de Debarba). Enquanto o pessoal acelera o processo para o carro ficar pronto para a próxima largada.
 
 
Durante todo o final de semana foi uma rotina dura de prova de arrancada mesmo. Pouco tempo pra papo, mas bem aproveitado. Na pista, Chiquinho (de frente) e Fábio aguardam para dar o Starter no motor.

Alejandro vinha com o melhor tempo do sábado. Na primeira largada de domingo largaram novamente na mesma pista em separado, por causa da largada de sábado (problemas na pista e cumprir o regulamento). Daí começa a se desenhar a vitória da Equipe de Debarba. Primeira largada de domingo e melhor tempo.

Daí deu pra ver que o final de semana era nosso. A equipe de São Paulo não ganhou nem o "CARA E COROA" para escolher o lado da pista para a largada "LADO A LADO".

 

 

No domingo tivemos três largadas do tipo "SIDE by SIDE" com o piloto da Equipe Flash Power, Alejandro Sanchez.

Meus amigos, que osso duro de roer foi esta prova. Aqui ao lado uma linda imagem de de um dos bournouts da prova. Os dois pilotos souberam respeitar um ao outro durante toda a prova, não somente pilotos, mas as duas equipes inteiras. PARABÉNS a todos.

Estas imagens são da última largada. Debarba conseguiu largar melhor em todas as três "LADO A LADO", tinhamos a vantagem de melhor tempo e já era a última largada do evento. Nesta não foi diferente.
 
  Já dá pra ver pelo painel que com um 60 pés melhor o Top nº 12 da POWERTECH abriu uma vantagem, além de uma reação melhor.
Era a última esperança da equipe paulista. Na hora do alinhamento o piloto paulista mostrou que o motor ainda tinha muito a falar. E não deixou barato.
 
 
Mas o poderodo motor do Top de Debarba que levava os novos PISTÕES POWERTECH tinha uma missão. Mostrar para o Brasil que ele tinha coração brasileiro e abriu uma grande vantagem sobre o concorrente.
A menos de 100 metros do linha de chegada a correia do blower do Top da nossa equipe arrebentou (veja ao lado do pneu) e Alejandro aproximou-se muito, porém o motor dele também voôu, o blower degolou e Debarba cruza a linha final na frente. Com tempo melhor anterior na casa de 6,150 + 0,226 de reação Debarba fatura o Paranaense de Arrancada. Alejandro ficou com 6,156 segundos de tempo + 0,307 segundos de reação.
 
 
Nosso Dragster teve um princípio de incêncio causado pelo corte dos cabos de vela com a correia que arrebentou, mas tudo foi controlado rapidamente pelo piloto e o resgate no final da reta.
Já o blower do Top concorrente ficou assim, um bom tanto pra frente, pendurado pelas mangueiras.
 
 
Na reta oposta o pessoal que vai até lá pra buscar o carro comemora a vitória depois do fogo controlado.
Aqui aproveitamos a presença feminina na prova para fotografar um exemplar dos pistões POWERTECH. Na foto duas fãs da arrancada que torceram pela equipe tiveram seu momento registrado pelo nosso fotógrafo. Na foto Juliana e Débora dão um charme ao lançamento dos PISTÕES POWERTECH vitorioso dos pistões.
 
 
Aqui os responsáveis pela criação do PISTÃO POWERTECH. JAA e Fábio comemoram a vitória "ESTES JÁ NASCERAM CAMPEÕES". Os pistões POWERTECH para Dragster são os ÚNICOS fabricados fora dos EUA e suportam mais de 3.000 Hps no conjunto. Cada pistão aguenta aproximadamente 400 Hps sozinho.

Bom, aqui eu apresento a vocês um PISTÃO POWERTECH para Dragster que é forjado e capaz de levar um Dragster até o mais alto do pódio. Na realidade isto mais parece uma obra prima do que um pistão. Ao fundo ele leva gravado o logo da empresa dona do projeto.

.....
.....

Depois de tanto ralar, (vocês lembram da primeira foto no início deste resumo) foram 6 largadas, 12 páraquedas dobrados, muita pressão e tensão, não só pela largada e resultado, mas pela responsabilidade que tenho na minha função. Enquanto o dragster não faz a curva com os páraquedas abertos não dá pra relaxar.

Agora é hora de sair na foto...kkk.

Ao lado e abaixo vocês podem ver as parcias dos resultados de três das cinco largadas oficiais.
 
 

Acima o nosso melhor tempo que somado com a melhor reação deram 6,376 segundos, o que nos deu a vitória. E ao lado nosso melhor tempo em pista, 6,109 segundos.

Ao lado o melhor tempo com a melhor reação de Alejandro totalizando 6,463 segundos.
 
 

Bonita imagem do pódio. Apesar de a categoria Drag Top ter apenas dois pilotos inscritos foi a sensação do final de semana. A mais disputada e a mais comemorada. Parabéns a toda equipe FLASH POWER...

NOS VEMOS NA PISTA!!!

:: PARABÉNS A TODA A EQUIPE POR MAIS UMA VITÓRIA, depois de um DUELO DE GIGANTES só resta comemorar e aguardar o 18º FESTIVAL BRASILEIRO DE ARRANCADA que é a próxima prova que participaremos.

Obrigado pela sua visita e que "DEUS ABENÇOE" a todos Nós.

 

Contato

E-mail: debarba@debarba.com.br

 

Todos os direitos reservados Debarba Drag Racing Team/Iverson JN.